5 de junho de 2010

Looking to




15 comentários:

Françoise disse...

Très belle photo,sobre et efficace.Bonne journée.

ci disse...

já conheceu melhores dias, mas ainda assim lá está, o barquito para te levar para a outra margem... eheheheh

Εscape disse...

Beautiful photos. Bravo!

www.photo-graphimata.blogspot.com

Elettra disse...

Hi Hellag, all this photos blake and white are uproarious,many compliments

José Manuel Vilhena disse...

Uma coisa que gosto nos barcos é que nunca deixam de ser barcos...
:)

Dr. Heckle disse...

I love black and white photos... For some reason they just seem to have more depth and story to tell. Great blog!

uminuto disse...

pobre barco, que já teve melhores...ficou lá para que o teu olhar atento conseguisse captar estas belas imagens
um beijo

ana barata disse...

Os barcos também se abatem... Belo registo.

Javier disse...

Parece que esté esperando llegar al mar sin temerle a pesar de los años que aparenta tener encima...

Saludos

Edward Gryffindor disse...

Y rendida a los pies de su amado mar, la barca realizo su ultimo viaje. Bellos B/N. Saludos

tossan disse...

Gosto de barcos. Estes são lindos. Fotos magistrais.

ruimnm disse...

A popa e a proa, em terra-seca.
Gosto deste "andar à volta" pelo tema.

bemsalgado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bemsalgado disse...

Eu, que, com tanto pesar, vi morrer as dornas nas ribeiras de Louro devoradas por um Júpiter inmisericorde que só deixou delas as cuadernas; que ví também morrer os meus sonhos de veleiros com todo o pano prenhado de ventos mornos, ciente das minhas esquálidas forças e nulo saber para os governar, nâo deixo de me comover coa visâo de barcas no derradeiro trance da morte, íntima, entre canas e silêncio, como as que mostram estas fotos de Hellag, esa meninha, pudorosamente vestida, que passou como um raio de luz por uma janela da minha casa.

Eu nâo posso corresponderte na presentaçâo: a única foto minha que conservo, de eses tempos anteriores a memoria, é, casualmente, un nú integral, de 'impúdica inocencia', mas, por 'decencia', guardo e não mostro minhas vergonhas.

Bom, Hellag, eu só vinha para dizer-te: Muito Obrigado pela túa Visita.

Do resto, nâo faças conta, e por dar mostra da minha seriedade.

Saudacôes de Compostela.

P.D.

De Cascais nâo gosto demasíado: ahí está a boca do inferno, mas nâo o inferno.

E, como seguramente bem sabes, por cá, no norte, nos temos O Pórtico da Groria.

Em canto ao céu...
eu, que ví morrer todos os meus deuses,...

o céu...
o céu está na terra, na alma e no corpo duma mulher, um ser de outro mundo.

Guillermo Alonso disse...

Hola Hellag! Que bueno tu trabajo en B&N, me gusta mucho esta fotografía particularmente.

Saludos y nos visitamos en breve!